Parte 4: Lula, os incentivos aos carros e o aumento do déficit

A Polícia Federal e o Ministério Público investigam se houve pagamento de propina em troca de benesses para a indústria automobilística durante o governo Lula.
Especificamente: os incentivos fiscais concedidos, e depois prorrogados, para baixar o preço dos carros.
Está no jornal O Estado de S. Paulo de hoje.
A Medida Provisória que desperta dúvidas policiais foi um sucesso.
As vendas dispararam graças à redução da carga tributária. Que não melhorou a vida de quem anda de ônibus.
É a mesmíssima carga tributária que o governo agora diz que precisa aumentar, reinventando a CPMF, por exemplo.
E que piora a vida de todos, inclusive de quem anda de ônibus.
Tudo parte do famigerado déficit público.